quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Prof. Freitas-Magalhães em entrevista à SIC

O Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), concedeu, esta terça-feira, a convite, uma entrevista, em direto, à SIC, para falar da proposta pioneira de utilização dos métodos e técnicas da avaliação da expressão facial da emoção submetida ao Ministério da Justiça.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

FEELab World 2011 - o palco da face. Um sucesso absoluto.

O FEELab World 2011 realizou-se no passado dia 6 de Dezembro no auditório principal da Universidade Fernando Pessoa (UFP) e foi um sucesso absoluto, à semelhança dos anos anteriores. Perante um auditório cheio, foram apresentados os projetos desenvolvidos em 2011 e os a desenvolver no próximo ano. Destaque para o lançamento do livro "Emotional Expression: The Brain and The Face" (Vol. 3).
O Laboratório de TV da UFP elaborou um apontamento de reportagem que pode ser visto aqui.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

"A face vale a pena quando a emoção não é pequena", disse o Prof. Freitas-Magalhães na FEELab World 2011

Um projeto mundial
"A face vale a pena quando a emoção não é´pequena", disse, esta terça-feira, no Porto, o Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP).
Falando para um auditório cheio, o Professor Doutor Freitas-Magalhães, que falava na FEELab World 2011, sublinhou que aquele evento era o "espelho mais fiel do trabalho científico" desenvolvido há oito anos. 
Depois de elencar os números "extraordinários" da produção do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), aquele especialista em expressão facial da emoção - que acaba de ser distinguido pela Enciclopédia Mundial do Comportamento Humano, da Elsevier, em Oxford - apresentou o volume 4 do projeto científico e académico "Emotional Expression: The Brain and The Face" e os projetos para o próximo ano, entre os quais se destacam o ForensicPsy (aplicação de métodos e técnicas de análise e avaliação da expressão facial nos interrogatórios e inquirições), a pioneira pós-graduação em Expressão Facial e o Sorri.me (contributo para o desenvolvimento do bem-estar através do sorriso humano).

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

"FEELab World 2011", esta terça-feira, 6, na UFP.


O Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), organiza, na próxima terça-feira, 6, pelas 15h30, o "FEELab World 2011". no auditório principal da UFP.
O evento, que contará com mais de uma centena e meia de estudantes de escolas secundárias do país, é o momento apropriado para a apresentação do trabalho científico desenvolvido em 2011 e lançamento dos projetos para 2012.
Na próxima terça-feira, entre outras novidades, será apresentado o terceiro volume do manual académico e científico "Emotional Expression: The Brain and The Face", que congrega as melhores universidades mundiais, e é coordenado pelo docente da UFP e diretor do FEELab/UFP, Professor Doutor Freitas-Magalhães, e editado pelas Edições Universidade Fernando Pessoa (EUFP).
O "FEELab World 2011" encerra o programa comemorativo do 8º aniversário do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP).

FEELab/UFP
http://feelab.ufp.pt
http://facebook..com/feelab
http://twitter.com/feelab

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Prof. Freitas-Magalhães distinguido na Encyclopedia of Human Behavior, de Oxford.


Prof. Freitas-Magalhães no
 FEELab/UFP.

O Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), Professor Doutor Freitas-Magalhães, é o único cientista de língua portuguesa a figurar na Enciclopédia mundial sobre o Comportamento Humano (Encyclopedia of Human Behavior), anunciou, em Oxford, Anna Gebicka, porta-voz do Comité Científico daquela prestigiada publicação com a chancela da Elsevier, a maior editora médica e científica do mundo.
Segundo a nota oficial, aquele organismo aprovou e validou cientificamente, após um processo de revisão muito exigente, a publicação do artigo "Expressão Facial da Emoção" (Facial Expression of Emotion), integralmente em língua inglesa, e que aborda as temáticas "Emoção: Um Fenómeno Complexo e Multidimensional", "Do Cérebro à Face: Uma Viagem Emocional", "Expressão Facial: Da Universalidade às Influências Culturais", "Macroexpressões e Microexpressões" e " Expressão Facial: A Verdade e a Mentira", entre outras.
"É o reconhecimento, ao mais alto nível, de mais de duas décadas de trabalho científico e um contributo inequívoco da disseminação da ciência portguesa", disse o Professor Doutor Freitas-Magalhães, para acrescentar que "é, sem dúvida, o melhor presente" na comemoração do 8º Aniversário do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP).
A Enciclopédia do Comportamento Humano, com lançamento em Dezembro, é coordenada pelo Professor Doutor Vilayanur S. Ramachandran, Director do Center for Brain and Cognition e docente na University of California e no Salt Institute, nos Estados Unidos.
Segundo informação da Elsevier, "the Encyclopedia of Human Behavior is a comprehensive four-volume reference source on human action and reaction, and the thoughts, feelings, and physiological functions behind those actions. Presented alphabetically by title, 250 articles probe both enduring and exciting new topics in physiological psychology, perception, personality, abnormal and clinical psychology, cognition and learning, social psychology, developmental psychology, language, and applied contexts. Written by leading scientists in these disciplines, every article has been peer-reviewed to establish clarity, accuracy, and comprehensiveness. The first reference source to provide both depth and breadth to the study of human behavior, the encyclopedia promises to be a much used reference source. This set appeals to public, corporate, university and college libraries, libraries in two-year colleges and some secondary schools".
O Professor Doutor Freitas-Magalhães, docente da Universidade Fernando Pessoa (UFP) e autor dos livros  "O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção", "A Psicologia das Emoções: O Fascínio do Rosto Humano",  "A Psicologia do Sorriso Humano" e "Facial Expression of Emotion: From Theory to Application", entre outros, e coordenador do projecto científico e universitário "O Cérebro, a Emoção e a Face", desde 2008, tem sido distinguido por diversas instituições internacionais pelo "pioneirismo e inovação" seu trabalho científico e académico.

FEELab/UFP
always emotional
http://feelab.ufp.pt
http://facebook.com/feelab
http://twitter.com/feelab

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

"Mentes que Brilham" distingue o Prof. Freitas-Magalhães

FEELab/UFP e Universidade Técnica de Lisboa (UTL) estabelecem parceria científica


O Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP) e o Instituto de Ciências Sociais e Políticas (ICSP), da Universidade Técnica de Lisboa (UTL) estabeleceram parceria académica e científica com vista ao desenvolvimento da dissertação de mestrado "As Emoções Básicas nos Notíciários Televisivos: Sentir o Que Vemos na Informação Generalista", da Dra. Carla Charrão, e sob a orientação do Prof. Doutor Freitas-Magalhães (UFP) e da Prof. Doutora Nilza Sena (ICSP/UTL).
O trabalho empírico decorreu no Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), em finais de Outubro, e durante uma semana consecutiva, com a gravação em vídeo e áudio do Telejornal da RTP1, e com a consequente visualização por parte dos participantes. A codificação da expressão facial da emoção será feita, também, no FEELab/UFP.
O Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), fundado em 2003, tem sido distinguido por diversas entidades internacionais (por exemplo, o Governo do Reino Unido) pelo "pioneirismo e inovação" do seu trabalho académico e científico.

FEELab/UFP
always emotional
http://feelab.ufp.pt
http://facebook.com/feelab
http://twitter/feelab

FEELab/UFP na Semana da Ciência e Tecnologia

O Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), estará de portas abertas, esta terça-feira, dia 22, no âmbito da Semana da Ciência e Tecnologia. Mais informação aqui.
De referir que o FEELab/UFP tem participado, por convite, em todas as semanas da Ciência e Tecnologia, e apresenta a sua atividade no Facebook.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

FEELab apresentou o Projeto inovador "Põe quanto és no mínimo que fazes" no II Congresso Nacional de Inclusão, em Coimbra


Foto, 2011, Organização do Congresso.

O Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), no Porto, apresentou, no dia 13 de outubro de 2011, no auditório da Faculdade de Ciências e Tecnologia, da Universidade de Coimbra, o inovador projeto "Põe quanto és no mínimo que fazes" na área da motivação emocional humana. Inspirado num verso de Fernando Pessoa, aquele projeto pretende desenvolver competências nas áreas da motivação e da emoção e contribuir para o saudável desenvolvimento psicossocial. É direcionado a todos os que procuram saber como aplicar o fenómeno da motivação e das decisões emocionais na realização das tarefas pessoais e profissionais e como dela tirar o melhor e maior proveito, pois a decisão é tomada, por vezes, em segundos, e seguindo o percurso da construção emocional que envolve todo o amplo exercício neuronal. É nesta dimensão e processo organizacional que este projeto pretende demonstrar a importância da formação e treino na identificação, reconhecimento, regulação e uso ao nível da gestão emocional de todos aqueles que fazem da tomada de decisão um exercício diário, por exemplo, em contexto laboral, na inclusão social. Decidir é um verbo que se conjuga com a devida regulação das emoções. E decidir emocionalmente é uma conduta saudável, desde que a pessoa que a toma conheça a anatomia das emoções. Este projeto permite o contacto com os métodos e técnicas de análise da expressão facial da emoção, únicas e a serem apresentadas pelos investigadores do FEELab/UFP, e, conforme presença, pelo investigador assistente, Érico Castro, de modo a que as pessoas entendam como é a face estudada cientificamente e quais as suas aplicações nos diversos contextos sociais.
O Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP) tem como missão criar novos conhecimentos científicos sobre as emoções humanas e as suas formas de expressão social, incluindo interações com a saúde, a justiça, o desenvolvimento psicossocial e o contexto intercultural. Atualmente, o campo de ação estende-se aos níveis nacional e internacional, com especial incidência na investigação e no desenvolvimento de métodos de investigação científica (plataformas e interfaces informáticos inéditos) da expressão facial da emoção e do comportamento humano. O Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP) é, hoje, uma marca de referência mundial na configuração científica, com notório destaque nos meios científicos e académicos, nos media, na internet e nas redes sociais (e.g., Lusa, TVI, RTP, SIC, Antena1, TSF, Renascença, Dentistry, SRNOM, Austrália, Brasil, França, Estados Unidos, Japão, Espanha, Reino Unido, Rússia). O Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP) é o único do género em Portugal, com reconhecimentos nacional e internacional, e presença nos mais reputados certames. 
O Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP) tem assim, ao longo destes oito anos – 09 de outubro de 2003/2011-, dado o seu modesto contributo para o desenvolvimento da atividade científica na área da expressão facial da emoção. E aquele modesto contributo não se confina, apenas e só, aos limites físicos do Laboratório, mas - e essa é uma conduta de princípio - a toda a sociedade, e sempre com o cuidado, redobrado, de saber que as pessoas estão, e estarão, em primeiro lugar.

Mais informação, pode ser consultada aqui:


http://www.congressonacionalinclusao.com/crbst_38.html

http://www.congressonacionalinclusao.com/expocni.html

http://www.congressonacionalinclusao.com/programa.html

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

FEELab/UFP APRESENTA PROJETO "QUANDO A EMOÇÃO É DITA E ESCRITA" ESTA QUINTA-FEIRA NA UFP

2011, S. Po
No âmbito do programa comemorativo do oitavo aniversário do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), vai ser apresentado o projeto inovador "Quando a Emoção é Dita e Escrita", na próxima quinta-feira, dia 3, pelas 20h00, no Salão Nobre da Universidade Fernando Pessoa (UFP).Segundo o Diretor do FEELab/UFP, Professor Doutor Freitas-Magalhães, trata-se de um projeto de "envolvência das diversas sensibilidades artísticas, tendo por pano de fundo a dimensão emocional. Falar e escrever são atos impregnados de emoção".A apresentação pública daquele projeto vai contar com a presença do Dr. Henrique Schneider, da Universidade de Feevale, em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul (Brasil), que lançará o seu último livro "A Vida é Breve e Passa ao Lado".

Prof. Freitas-Magalhães no programa "Mentes Que Brilham" do Porto Canal

O diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), Professor Doutor Freitas-Magalhães, foi, esta terça.feira, o convidado do programa "Mentes Que Brilham", do Porto Canal. A entrevista, conduzida por Maria Cerqueira Gomes, abordou o pioneirismo e inovação da proposta para a adoção no sistema judiciário português dos métodos e técnicas de análise de expressão facial da emoção. Ver, na íntegra, aqui.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Lisboa: Prof. Freitas-Magalhães na FNAC Colombo apresenta "O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção"


Prof. Freitas-Magalhães na FNAC
Colombo, em Lisboa
2011, S. Po.

O livro "O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção", do docente da UFP e diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Universidade Fernando Pessoa, Prof. Freitas-Magalhães, foi apresentado, esta quarta-feira, na FNAC COLOMBO, em Lisboa, pelas 18h30 horas.

O livro, pioneiro em Portugal, e editado pelas Edições Universidade Fernando Pessoa (EUFP), foi apresentado pelo Prof. António Pedro Dores, do ISCTE.



"Os marcadores faciais estão validados cientificamente", reafirmou o Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP).



Para o Prof. Doutor Freitas-Magalhães, "o desconhecimento da validade e fiabilidade da análise científica da expressão facial da emoção leva ao preconceito e ao comentário despropositado".

"Tal como no ADN, a verificação da expressão facial da emoção é feita tendo em conta marcadores precisos, objetivos e científicos", enfatizou aquele especialista, para acrescentar que o seu novo livro "apresenta, com exemplos muitos claros, os métodos e as técnicas que permitem medir a face humana".

"Quando se faz a biopsia dos movimentos musculares faciais, tal procedimento pressupõe que se aplique o fundamento científico", esclareceu o Prof. Doutor Freitas-Magalhães.

O "Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção" revela pormenores sobre os métodos e técnicas científicas de análise da expressão facial da emoção, a neuropsicofisiologia da expressão facial, a expressão facial verdadeira e a falsa , as macro expressões e as micro expressões e as diversas implicações e aplicações psicossociais.

"O Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção" é, segundo o Prof. Freitas-Magalhães, "uma viagem, única e fascinante, pelos territórios do cérebro, da face e da emoção, com a bússola da curiosidade procurando dar respostas ao conjunto de perguntas: Como é que o cérebro constrói a expressão facial? Como é que a expressão facial influencia o cérebro? Como se medem cientificamente os movimentos faciais? e Quais as implicações e as aplicações da expressão facial?".



Este livro é um tributo ao seu amigo Paul Ekman, pioneiro no estudo da expressão facial da emoção e considerado pela Time um dos 100 mais influentes psicólogos do século XX, e actual conselheiro científico da série Lie to Me, com pontos de interrogação pelo caminho fascinante da face humana. Um livro que focaliza o processo de construção da expressão facial da emoção.

Para o Prof. Freitas-Magalhães, o "Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção", que será traduzido para a língua inglesa, configura "a partilha da descodificação científica do trinómio cérebro-face-emoção e um contributo decisivo para alertar para o valor da expressão facial na sociedade".

Há 25 anos que o Prof. Freitas-Magalhães estuda a expressão facial da emoção e a sua relação com o cérebro humano e é autor de diversos livros e artigos científicos. 

Coordena, desde 2008, o projecto científico e universitário internacional "The Brain and The Face" e é Editor-in-Chief do "Journal of Brain, face and Emotion" (Londres).

Questionado sobre as implicações e aplicações dos seus estudos, o Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção enfatizou a ideia de que "só faz sentido fazer ciência" quando a mesma é "partilhada com a comunidade em geral" e que "mais cedo ou mais tarde - é uma questão de tempo - o estudo científico da face humana fará parte da vida de todos como uma disciplina natural".

"Na face humana está toda a verdade", frisou.

"Os métodos e as técnicas de análise de expressão facial devem ser adoptados pelo meio judiciário", defendeu, para acrescentar que "os marcadores dos movimentos faciais são tão fiáveis como os marcadores do ADN", considerou, para acrescentar que "é uma lacuna grave que em Portugal não se apliquem os métodos e técnicas científicas da avaliação facial, já em aplicação nos Estado Unidos há décadas".

Para o Prof. Freitas-Magalhães, e questionado sobre a possibilidade da existência de uma sociedade sem mentira, "o essencial é o contributo para a descoberta da verdade em todas as dimensões, e que a mentira deve ser uma exceção e não uma regra".

O Prof. Freitas-Magalhães anunciou que a Universidade Fernando Pessoa vai criar, a partir do próximo ano lectivo, e no âmbito do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEElab), uma pós-graduação pioneira em Portugal sobre expressões faciais.

Neste livro pioneiro em Portugal, e que contará com a apresentação do Prof. António Pedro Dores, o especialista em expressão facial da  emoção defende a introdução da vídeo-gravação das expressões faciais em sede de interrogatórios e inquirições, à semelhança do que acontece noutros países.

O Prof. Freitas-Magalhães, que participou na edição deste ano da Convenção Anual da American Psychological Association (APA), em Washington, tem sido distinguido pelo "pioneirismo e inovação" do seu trabalho científico por diversas entidades internacionais, entre as quais o Governo do Reino Unido, a Nokia e a Elsevier, a maior editora médica e científica do mundo. É considerado um dos mais conceituados investigadores mundiais no estudo das expressões faciais.

---///---

"O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção" (349 pp)

FNAC

FEELab/UFP
http://feelab.ufp.pt
http://feelab2010.blogspot.com
http://facebook.com/ocodigodeekman
http://twitter.com/feelab

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

PORTO: Nova Edição de "A Psicologia das Emoções: o Fascínio do Rosto Humano" já está disponível!!

A terceira edição do livro "A Psicologia das Emoções: o Fascínio do Rosto Humano", obra do Prof. Doutor Freitas-Magalhães, já esta disponível. Faça a sua reserva para feelab@ufp.edu.pt, edicoes@ufp.edu.pt e geral@ufp.edu.pt. Boa leitura!!


LISBOA: Prof. Freitas-Magalhães lança livro na FNAC COLOMBO


O livro "O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção", do docente da UFP e diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Universidade Fernando Pessoa, Prof. Freitas-Magalhães, será apresentado na FNAC COLOMBO, em Lisboa, no próximo dia 19, pelas 18h30 horas.

O livro, pioneiro em Portugal, e editado pelas Edições Universidade Fernando Pessoa (EUFP), será apresentado pelo Prof. António Pedro Dores, do ISCTE.

"Os marcadores faciais estão validados cientificamente", reafirmou o Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP).

Para o Prof. Doutor Freitas-Magalhães, "O Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção", "o desconhecimento da validade e fiabilidade da análise científica da expressão facial da emoção leva ao preconceito e ao comentário despropositado".

"Tal como no ADN, a verificação da expressão facial da emoção é feita tendo em conta marcadores precisos, objetivos e científicos", enfatizou aquele especialista, para acrescentar que o seu novo livro "apresenta, com exemplos muitos claros, os métodos e as técnicas que permitem medir a face humana".

"Quando se faz a biopsia dos movimentos musculares faciais, tal procedimento pressupõe que se aplique o fundamento científico", esclareceu o Prof. Doutor Freitas-Magalhães.

O "Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção" revela pormenores sobre os métodos e técnicas científicas de análise da expressão facial da emoção, a neuropsicofisiologia da expressão facial, a expressão facial verdadeira e a falsa , as macro expressões e as micro expressões e as diversas implicações e aplicações psicossociais.

"O Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção" é, segundo o Prof. Freitas-Magalhães, "uma viagem, única e fascinante, pelos territórios do cérebro, da face e da emoção, com a bússola da curiosidade procurando dar respostas ao conjunto de perguntas: Como é que o cérebro constrói a expressão facial? Como é que a expressão facial influencia o cérebro? Como se medem cientificamente os movimentos faciais? e Quais as implicações e as aplicações da expressão facial?".

Este livro é um tributo ao seu amigo Paul Ekman, pioneiro no estudo da expressão facial da emoção e considerado pela Time um dos 100 mais influentes psicólogos do século XX, e actual conselheiro científico da série Lie to Me, com pontos de interrogação pelo caminho fascinante da face humana. Um livro que focaliza o processo de construção da expressão facial da emoção.

Para o Prof. Freitas-Magalhães, o "Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção", que será traduzido para a língua inglesa, configura "a partilha da descodificação científica do trinómio cérebro-face-emoção e um contributo decisivo para alertar para o valor da expressão facial na sociedade".

Há 25 anos que o Prof. Freitas-Magalhães estuda a expressão facial da emoção e a sua relação com o cérebro humano e é autor de diversos livros e artigos científicos. 

Coordena, desde 2008, o projecto científico e universitário internacional "The Brain and The Face" e é Editor-in-Chief do "Journal of Brain, face and Emotion" (Londres).

Questionado sobre as implicações e aplicações dos seus estudos, o Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção enfatizou a ideia de que "só faz sentido fazer ciência" quando a mesma é "partilhada com a comunidade em geral" e que "mais cedo ou mais tarde - é uma questão de tempo - o estudo científico da face humana fará parte da vida de todos como uma disciplina natural".

"Na face humana está toda a verdade", frisou.

"Os métodos e as técnicas de análise de expressão facial devem ser adoptados pelo meio judiciário", defendeu, para acrescentar que "os marcadores dos movimentos faciais são tão fiáveis como os marcadores do ADN", considerou, para acrescentar que "é uma lacuna grave que em Portugal não se apliquem os métodos e técnicas científicas da avaliação facial, já em aplicação nos Estado Unidos há décadas".

Para o Prof. Freitas-Magalhães, e questionado sobre a possibilidade da existência de uma sociedade sem mentira, "o essencial é o contributo para a descoberta da verdade em todas as dimensões, e que a mentira deve ser uma exceção e não uma regra".

O Prof. Freitas-Magalhães anunciou que a Universidade Fernando Pessoa vai criar, a partir do próximo ano lectivo, e no âmbito do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEElab), uma pós-graduação pioneira em Portugal sobre expressões faciais.

Neste livro pioneiro em Portugal, e que contará com a apresentação do Prof. António Pedro Dores, o especialista em expressão facial da  emoção defende a introdução da vídeo-gravação das expressões faciais em sede de interrogatórios e inquirições, à semelhança do que acontece noutros países.

O Prof. Freitas-Magalhães, que participou na edição deste ano da Convenção Anual da American Psychological Association (APA), em Washington, tem sido distinguido pelo "pioneirismo e inovação" do seu trabalho científico por diversas entidades internacionais, entre as quais o Governo do Reino Unido, a Nokia e a Elsevier, a maior editora médica e científica do mundo. É considerado um dos mais conceituados investigadores mundiais no estudo das expressões faciais.

---///---

"O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção" (349 pp)

FNAC

FEELab/UFP
http://feelab.ufp.pt
http://feelab2010.blogspot.com
http://facebook.com/ocodigodeekman
http://twitter.com/feelab

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Projeto "The Brain and The Face" do FEELab/UFP em destaque na Humaine Association


O Projeto científico e universitário The Brain and The Face” coordenado pelo Docente da UFP, Fundador e Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), Prof. Doutor Freitas-Magalhães desde 2008, é destacado na página principal da HUMAINE Association - a “European Commission Network of Excellence on Research on Emotions and Human-Computer Interaction and a professional, world-wide association for researchers in emotion-oriented/affective computing". “The HUMAINE Association was founded in June 2007, and its Executive Committee and Management Board were elected in September and October 2007”. 
O atual presidente é o Prof. Jonathan Gratch, da University of Southern California, nos Estados Unidos. 

No âmbito deste projeto pioneiro, foram, ao momento, publicados dois volumes inéditos “Emotional Expression: The Brain and The Face” pelas Edições Universidade Fernando Pessoa (EUFP), em língua inglesa e com distribuição mundial, sobre as mais diversas linhas de investigação mundiais sobre a configuração Cérebro-Face-Emoção.
O terceiro volume está, igualmente, concluído. 
O quarto volume está em marcha.

Este projeto como contributo, para a compreensão dos mecanismos associados ao processamento das emoções, desde as estruturas cerebrais até ao palco da face humana – a parte do corpo que mais mostramos durante a vida, conta com a participação de reputados cientistas e universitários, entre outras, da Columbia University (USA), do Department of Neurology, Mont Sinai School of Medicine (USA), da University of New York (USA), da Clark University (USA), da University of Florida (USA), do Baylor College of Medicine (USA), do Department of Psychiatry, University of Oxford (UK), do Institute of Psychiatry, King´s College London (UK), do Indian Institute of Technology (India), da University of Delhi (India), daFaculty of Medicine, Monash University (Australia), da University of Tasmania (Australia), da La Trobe University (Australia), da University of Ulm (Germany), da Berlin University (Germany), da University of Innsbruck (Austria), da University of Hawaii (Hawaii) e da University of Zurich (Suiça).

Os dois volumes podem ser, por exemplo, adquiridos online aqui: 

"Emotional Expression: The Brain and The Face" (Vol. 1) - 


"Emotional Expression: The Brain and The Face" (Vol. 2) - 


A notícia pode ser lida aqui.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Prof. Freitas-Magalhães distinguido pela Elsevier, de Oxford - a maior editora médica e científica do mundo

O diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), Prof. Doutor Freitas-Magalhães, comenta a distinção da Elsevier, de Oxford, a maior editora médica e científica do mundo, durante a entrevista que concedeu a Carla Ascensão, no programa "Consultório" do PORTO Canal.

O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção - "Um livro extraordinário!" que revela os "segredos" da série "Lie to Me"


A apresentadora Carla Ascensão, do programa "Consultório", do Porto Canal, mostra o livro "O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção", um sucesso de vendas.  Este livro "extraordinário!" pode ser adquirido online, e em qualquer parte do mundo, nas seguintes livrarias:




Boa leitura!!!

terça-feira, 26 de julho de 2011

Prof. Freitas-Magalhães em Washington (EUA)

Prof. Freitas-Magalhães
Foto: 2010, GFM
O Comité Científico internacional da Convenção Anual da American Psychological (APA) acaba de aprovar a apresentação da comunicação "Fear Perception Scale: First Study of Development and Validation Among the Portuguese Population", do Prof. Doutor Freitas-Magalhães, anunciou, hoje, em Washington, a Presidente daquela entidade, Prof. Doutora Jennifer Tickle.
Segundo a nota oficial, aquele Comité Científico "had many excellent submissions this year, and each proposal was carefully reviewed by a team of reviewers who evaluated each proposal based on its relevance to social and personality psychology and the quality of the results presented. We are pleased to inform you that your proposal has been accepted".
A pioneira Escala de Perceção do Medo (EPM) foi desenvolvida no Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), no âmbito do projeto científico e universitário internacional "Emotional Expression: The Brain and The Face", coordenado pelo Prof. Doutor Freitas-Magalhães desde 2008.
A 119ª Convenção Anual da American Psychological Association (APA) vai decorrer de 4 a 7 de Agosto de 2011, em Washington, nos Estados Unidos.




sexta-feira, 22 de julho de 2011

Prof. Freitas-Magalhães convidado para projeto sobre biometria da Comissão Europeia

Prof. Freitas-Magalhães na FNAC
Gaia.
Foto: 2011, Érico Castro

O Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), Prof. Doutor Freitas-Magalhães, revelou ontem em Vila Nova de Gaia que foi convidado a integrar o comité do Centre for Science, Society and Citizenship (www.cssc.eu), com sede em Roma (Itália).
A revelação foi feita durante a apresentação na FNAC Gaia Shopping do seu último livro "O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção" e o convite foi feito pelo Prof. Emilio Mordini, Diretor daquela entidade, financiada pela Comissão Europeia (ver video em baixo).
Segundo a nota oficial, "The project aims to consider a number of different perspectives on the development and assessment of techniques for countering spoofing attacks on biometric systems. We feel that with your expertise in facial expression and emotion, the project would benefit greatly from your input".
Por outro lado, e perante uma FNAC cheia, o Prof. Freitas-Magalhães respondeu ao conjunto de interrogações que norteiam este seu último livro: como o cérebro humano constrói a expressão facial? Como a expressão facial influencia o cérebro humano? Como se medem cientificamente os movimentos faciais? e quais as implicações e aplicações da expressão facial?
Para aquele que é considerado um dos mais conceituados especialistas mundiais no estudo da expressão facial da emoção, o facto de esta primeira edição do seu livro estar esgotada nas lojas FNAC "é um sinal de que os portugueses estão assimilar a importância da ciência da identificação e reconhecimento da face humana nos mais diversos contextos sociais".
"Tudo isto leva tempo. Registamos um atraso de quatro décadas. Mas, mais vale tarde do que nunca", enfatizou o Prof. Freitas-Magalhães, para quem "o trabalho científico desenvolvido está agora a ser reconhecido no país quando, primeiramente, fora reconhecido no estrangeiro".
Confrontado com a pergunta sobre como definiria o seu trabalho, ao longo destas mais de duas décadas, o autor de "O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção", retorquiu, de imediato, para afirmar, numa só palavra: "Fascínio". 
"Na face humana está lá tudo o que fomos e somos. Nada podemos esconder. É uma assinatura digital para a vida. E começámos logo a sorrir no útero", sublinhou o Prof. Freitas-Magalhães, que foi muito aplaudido pelos presentes.
A apresentação na FNAC Gaia Shopping foi a última de inúmeras que decorreram ao longo do país (e.g., Porto, Guimarães, Braga, Coimbra, Lisboa). E, em face dos convites já feitos, o Prof. Freitas-Magalhães fará novas apresentações a partir de Setembro até Dezembro.
O livro "O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção" é um sucesso de vendas em Portugal.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

DISTINÇÃO INÉDITA - Diretor do FEELab/UFP distinguido pela maior editora médica e científica do mundo (Elsevier, Oxford)

Prof. Freitas-Magalhães
Foto: 2010, Ricardo Graça

O Docente da UFP e Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), Prof. Doutor Freitas-Magalhães, foi convidado pelos Professores Vilayanur S. Ramachandran, Diretor do Center for Brain and Cognition e docente na University of California e no Salt Institute e David M. Buss, docente da University of Texas, para participar na "Encyclopedia of Human Behavior" e, segundo a nota oficial, "have nominated you as the most appopriated person to write on the subject of Personality I Facial Expression of Emotion (Emotion and Cognition)". Assim, e depois de um exigente escrutínio científico, o comité internacional de avaliação decidiu, por unanimidade, publicar o artigo "Facial Expression of Emotion" na "Encyclopedia of Human Behavior", que é editada pela prestigiada Elsevier, a maior editora médica e científica do mundo. O Prof. Doutor Freitas-Magalhães é o único português a figurar naquela enciclopédia de projeção universitária e científica.
Este convite vem no seguimento da eleição do Prof. Doutor Freitas-Magalhães como membro efetivo da representativa organização mundial " International Brain Research Organization (IBRO) ", da qual são membros efetivos, entre outros, os Professores Joseph LeDoux, da New York University, António Damásio, da USC Neuroscience,  e  Pierre Magistretti, do Brain Mind Institute, da Suiça.
O Prof. Doutor Freitas-Magalhães tem sido distinguido por diversas instituições nacionais e internacionais pelo "pioneirismo e inovação" do seu trabalho científico e académico, como, por exemplo, e mais recentemente,  para integrar a "Psychology Delegation" da "People to People - Citizen Ambassador Programs" (sedeada em Washington,e fundada em 1956 pelo então Presidente dos Estados Unidos, Dwight D. Eisenhower, com o suporte da “White House”, e da qual fazem parte, entre outros, como membros honorários, os ex-Presidentes William J. Clinton e George Bush), na  área da Ciência  pelo Gabinete para a Resolução Alternativa de Litígios (GRAL), organismo do Ministério da Justiça, para dar o seu contributo na publicação "Direitos Fundamentais 2.0" que versa os ireitos fundamentais consagrados na Constituição da República Portuguesa e segundo a nota formal com " o intuito de fazer chegar à população em geral, sobretudo a mais jovem, o conhecimento desses direitos, acompanhados de comentários não técnicos de personalidades de reconhecido mérito da sociedade portuguesa, que se destacam em diversas áreas como o humor, jornalismo, ciência, desporto, literatura e música".

Viva Agenda - Guia de Eventos em Portugal destaca, na página principal, o lançamento, do livro publicado pelas Edições UFP:


A notícia completa sobre o lançamento pode ser lida aqui .

segunda-feira, 18 de julho de 2011

FEELab/UFP e Centre for Forensic Neuroscience (UK) estabelecem parceria

O Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), e o Centre for Forensic Neuroscience (CFN), do Reino Unido, vão estabelecer protocolo de cooperação científica e técnica, nos termos do convite formulado pelo fundador e diretor Dr. Keith Ashcroft  prestigiada entidade ao Diretor do FEELab/UFP, Prof. Doutor Freitas-Magalhães.
A colaboração entre as duas instituições envolve a análise científica da expressão facial da emoção, através da aplicação do "Silent Talker" (CFN) e do "Psy7Faces" (FEELab/UFP), no âmbito da Psicologia do Testemunho, e da formação do agentes adstritos ao sistema judiciário.

"The Centre for Forensic Neuroscience is based in the cities of Manchester and Edinburgh and provide an independent expert witness and assessments service for both evidential use in criminal, civil and disciplinary proceedings, as well as for prison law matters; covering England, Scotland, Wales and Northern Ireland. We can be consulted on the most advanced assessment technologies to support investigations, such as Computerised Polygraph Systems, Brainwave Profiling, Silent Talker an Adaptive Psychological Profiling System (video-based detection of deception), Functional Magnetic Resonance Imaging, Sleep Forensics Consultancy using Polysomnography, and psychosexual evaluations using PPG, as part of a complete forensic neuroscience reporting service. We also offer a comprehensive on-line psychological testing service via our dedicated access point which includes forensic assessments".
Segundo o Diretor do FEELab/UFP, aquela abordagem de parceria é "uma mais-valia na sustentação científica e técnica dos métodos e técnicas de avaliação da expressão facial da emoção, bem como uma janela de oportunidade para que os estudantes da UFP, em particular, possam ter contacto direto com experiências desenvolvidas no terreno, através de estágios, por exemplo".
Site do Centre for Forensic Neuroscience aqui.



quarta-feira, 13 de julho de 2011

HUMANet destaca, na primeira página, na seção dos livros, "O Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção" do Diretor do FEELab/UFP:


O HUMANet, portal direcionado para as áreas dos Recursos Humanos e da Gestão, destaca, na primeira página, na seção dos livros, "O Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção" da autoria do Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), Prof. Doutor Freitas-Magalhães, e publicado pelas Edições UFP (EUFP). 
Este livro único em Portugal tem sido apresentado, a nível nacional.
Depois do último lançamento em Lisboa, na Fnac Chiado, o livro será apresentado, no Porto, no auditório da Fnac Gaia Shopping, na quinta-feira, dia 21 de julho, pelas 22 horas.
A informação publicada sobre o livro pode ser consultada aqui.
O livro pode ser adquirido online aqui: UFP FNAC WOOK BERTRAND

Departamento de Biologia da Universidade dos Açores referencia, na primeira página, projeto do FEELab/UFP:


A notícia completa pode ser lida aqui.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Os portugueses estão mais tensos e ansiosos - disse hoje no Porto o Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção

Foto: 2010, S. Po.
"Os portugueses estão mais tensos e ansiosos e isso vê-se na face", revelou hoje no Porto o diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP).
 Para o Prof. Doutor Freitas-Magalhães, que falava na apresentação dos resultados do projeto científico mundial pioneiro "Uma Década de Sorriso em Portugal (2003-2013)","a frequência e a intensidade das emoções negativas na face dos portugueses têm vindo a aumentar e isso deve-se à influência do contexto social desfavorável". 
Aquele especialista em expressão facial da emoção revelou que o Laboratório de Expressão Facial da Emoção está a analisar ao comportamento facial, desde 2003 e, nos últimos seis meses, os resultados indicam "valores de emocionalidade negativa crescentes, o que se torna preocupante no processo de interação social, e é um sinal de conflito embrionário". 
A face neutra e o sorriso fechado são os tipos de expressão facial mais exibidos nos jornais diários portugueses durante o primeiro semestre de 2011. Esta é uma das conclusões do estudo científico inédito realizado pelo Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), após a análise efetuada a 15.243 fotografias. 
Os resultados apontam no sentido de, nas fotografias apresentadas, as mulheres continuarem a sorrir mais do que os homens, apesar do registo descendente em relação a 2010, independentemente da idade, e os homens apresentarem mais o sorriso fechado a partir dos 60 anos; as crianças são as que continuam a apresentar mais e frequentemente o sorriso largo, um padrão que se mantém desde 2003, ano de início do estudo. 
O estudo terminará em 2013, perfazendo uma década.
Em comparação com o anterior estudo, realizado de 2003 a 2010, continua a constatar-se uma diminuição relevante na frequência e intensidade do sorriso, isto é, a face neutra é a expressão mais exibida e o sorriso superior é substituído pelo sorriso fechado, com tendência significativa para a face neutra. 
Os resultados apontam para uma diminuição significativa na exibição de qualquer tipo de sorriso e o aumento da expressão neutra em mulheres e homens. No universo das fotografias analisadas, verificou-se, também, que a expressão facial de emoções negativas é mais frequente e intensa do que a de emoções positivas. Este padrão acentuou-se expressivamente em 2010.
Ao longo dos sete anos e meio de estudo, ficou comprovado que um dos moderadores da frequência e intensidade da exibição do sorriso é o contexto social, o que se verificou no caso português, pois a situação económico-social potenciou a inibição da expressão, sendo que o género e a idade são os outros dois moderadores, explicou aquele especialista.
Para o Prof. Freitas-Magalhães, "o sorriso é uma reação neuropsicofisiológica que se desenvolve em situações que envolvam o bem-estar e a felicidade e quando tal não se verifica, por motivos externos, o sorriso é inibido e recalcado". 
O universo das mais de 325 mil fotografias analisadas demonstrou que os portugueses estão a sorrir cada vez muito, muito menos, desde 2003, sendo esse um indicador preocupante pelas consequências na saúde e na interação social, pois a felicidade está na cara das pessoas e o sorriso é um sinal que está a desaparecer a “olhos vistos”, realçando-se que o sorriso é um dos principais organizadores do psiquismo humano. a sua inibição potencia sentimentos, emoções e condutas negativas levando a um quadro psicopatológico preocupante.
O estudo faz parte do projeto pioneiro a nível mundial “Uma Década de Sorriso em Portugal” vista através dos jornais diários portugueses e terminará em 2013, ou seja, foram cumpridos sete anos e meio.
Desde 2003, foram analisadas 325.534 fotografias (116.800 no período 2003-2005, 48.200 em 2006, 39.452 em 2007, 37.607 em 2008, 34.426 em 2009, 33.806 em 2010 e 15.243 no primeiro semestre de 2011). 
"Quando a face revela estados emocionais de agressividade, de desconforto, de instabilidade, com recorrência, a possibilidade de levar ao conflito social tem de ser levada muito a sério", alertou o Prof. Freitas-Magalhães, para quem a "face revela os estados emocionais do indivíduo".
Para aquele professor universitário, "os marcadores faciais estão validados cientificamente e não enganam quanto ao sinais manifestados pelos portugueses", para quem "o desconhecimento da validade e fiabilidade da análise científica da expressão facial da emoção leva ao preconceito e ao comentário despropositado".
"Tal como no ADN, a verificação da expressão facial da emoção é feita tendo em conta marcadores precisos, objetivos e científicos", sublinhou aquele especialista, para acrescentar que o seu novo livro pioneiro em Portugal, "O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção", "apresenta, com exemplos muitos claros, os métodos e as técnicas que permitem medir a face humana e fornece indicadores concretos sobre a face dos portugueses".
"Quando se faz a biopsia dos movimentos musculares faciais, tal procedimento pressupõe que se aplique o fundamento científico", esclareceu o Prof. Freitas-Magalhães, para garantir que os "movimentos faciais dos portugueses nos últimos seis meses revelam agressividade, desconforto e ansiedade".
Questionado sobre as implicações e aplicações dos seus estudos, o diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção enfatizou a ideia de que "só faz sentido fazer ciência" quando a mesma é "partilhada com a comunidade em geral" e que, "mais cedo ou mais tarde - é uma questão de tempo -, o estudo científico da face humana fará parte da vida de todos como uma disciplina natural".
"Na face humana está toda a verdade", concluiu o Prof. Freitas-Magalhães, que tem sido distinguido por diversas entidades internacionais pelo "pioneirismo e inovação" do seu trabalho científico na área da expressão facial da emoção, e é autor de diversos artigos e livros científicos, entre os quais, "O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção" e "A Psicologia das Emoções: o Fascínio do Rosto humano".

terça-feira, 28 de junho de 2011

O Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção no TOP (8º) da FNAC



"O Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção" é uma viagem, única e fascinante, pelos territórios do cérebro, da face e da emoção, com a bússola da curiosidade procurando dar respostas ao conjunto de perguntas: Como é que o cérebro constrói a expressão facial? Como é que a expressão facial influencia o cérebro? Como se medem cientificamente os movimentos faciais? Quais as implicações e as aplicações da expressão facial? Este livro configura "a partilha da descodificação científica do trinómio cérebro-face-emoção". Há vinte e cinco anos que o Prof. Doutor Freitas-Magalhães estuda a expressão facial da emoção e a sua relação com o cérebro humano. É considerado um dos mais conceituados investigadores mundiais na área, e é autor de diversos livros e artigos científicos. Este livro é uma viagem de tributo ao seu amigo Paul Ekman, pioneiro no estudo da expressão facial da emoção, e actual conselheiro científico da série televisiva americana Lie to Me, que pode ser vista na Fox TV.

Comprar aqui.

A Psicologia das Emoções: o Fascínio do Rosto Humano no TOP (3º) da WOOK (Porto Editora)


"A Psicologia das Emoções: O Fascínio do Rosto Humano" (das Edições Universidade Fernando Pessoa) é uma obra que aborda a problemática multidimensional e complexa da emoção, com particular enfoque na detecção e análise da consequente exibição no rosto, a parte do corpo humano que mais se mostra ao longo da vida. É uma viagem, fascinante e empática, pelo território surpreendente do rosto humano e com a bússola que se chama emoção sempre por perto. Trata-se de um livro inédito sobre a análise e interpretação da expressão facial da emoção. Uma das particularidades deste livro reside, desde logo, na capa onde se pode constatar um efeito tridimensional a partir do qual é possível, em função do ângulo ocular, verificar, no momento, as alterações musculares do rosto no sentido de exibir as emoções.

Comprar aqui.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Livro do Prof. Freitas-Magalhães no TOP 10 da WOOK (3ª posição)


O livro "A Psicologia das Emoções: o Fascínio do Rosto Humano", do diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção, Prof. Doutor Freitas-Magalhães, figura na 3ª posição do TOP 10 da WOOK (Porto Editora) . Verificar em aqui.

domingo, 26 de junho de 2011

Lisboa. FNAC Chiado: como se constrói a emoção.

Editado há menos de 1 mês - Livro do Prof. Freitas-Magalhães no TOP 10 dos mais vendidos da FNAC

O livro "O Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção", do Prof. Doutor Freitas-Magalhães, diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção, da Faculdade de Ciências da Saúde, da Universidade Fernando Pessoa, consta do TOP 10 das publicações mais vendidas na FNAC na categoria de Ciências Sociais e Humanas (Psicologia) e é o único publicado por uma editora universitária.
O livro, no mercado há menos de 1 mês, é editado pelas Edições Universidade Fernando Pessoa (EUFP).
A informação pode ser consultada aqui.
O livro pode ser adquirido aqui.

sábado, 25 de junho de 2011

LISBOA. Perante a FNAC Chiado cheia, o Prof. Freitas-Magalhães reafirmou a validade científica dos "marcadores da expressão facial"


"Estou convencido que a aplicação do estudo científico da expressão facial da emoção será uma realidade na sociedade portuguesa nos próximos tempos", disse hoje em Lisboa o Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção.
Para o Prof. Doutor Freitas-Magalhães, que falava no lançamento do seu novo livro "O Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção" numa cheia FNAC Chiado, "os marcadores da expressão facial da emoção estão, há anos, validados cientificamente".
"Não vislumbro qualquer razão válida que justifique a não aplicabilidade do Código de Ekman em contextos como a justiça, a educação e a saúde", enfatizou aquele que é considerado um dos mais conceituados especialistas mundiais na área, e para quem "a adesão das pessoas, como se pode constar neste fórum, é o exemplo mais evidente da consequência do nosso trabalho".
O autor de "A Psicologia das Emoções: O Fascínio do Rosto Humano", que abordou os mais de dois séculos de história dos estudos sobre a expressão facial e as suas implicações e aplicações psicossociais, alertou a plateia que os "únicos métodos e técnicas científicos disponíveis mundialmente passam apenas pelo Código de Ekman. Os outros são apenas asserções do senso comum e apenas responsabilizam quem as produz, não tendo, por isso, qualquer validade científica".
A terminar, o Prof. Doutor Freitas-Magalhães agradeceu a Lisboa a adesão ao seu último livro, o que significa que "estamos no caminho certo" e que "a sociedade portuguesa só tem a ganhar com a adoção da ciência da expressão facial da emoção".

Prof. Freitas-Magalhães em Lisboa: "Os marcadores científicos da expressão facial devem estar ao serviço do sistema judiciário"




O diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), Prof. Doutor Freitas-Magalhães, defendeu hoje em Lisboa a adoção dos métodos e técnicas científicos ao sistema judiciário português.
Para o Prof. Doutor Freitas-Magalhães, que falava no fórum da FNAC Vasco da Gama na apresentação do seu novo livro "O Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção", aquele é "um propósito que defendo há anos" e para quem "mais tarde ou mais cedo será uma realidade" como sucede há décadas nos Estados Unidos.
"O mais importante num interrogatório ou inquirição, a maior parte das vezes, é o que não é dito e isso é a parte que não fica no processo por ausência de gravação em vídeo", enfatizou aquele que é considerado um dos mais destacados especialistas mundiais da expressão facial da emoção.
Nesta primeira apresentação em Lisboa, a segunda vai decorrer amanhã na FNAC Chiado, o Prof. Doutor Freitas-Magalhães fez um crítica à denominada "morfopsicologia" porque "não tem qualquer validade científica".
"A análise séria e rigorosa implica a aplicação de critérios e fundamentos científicos, como é o exemplo consensual do Código de Ekman", argumentou, para concluir "que os marcadores faciais estão cientificamente validados".

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Prof. Paul Ekman na Universidade Fernando Pessoa

A entrevista, concedida à RTP 1, no dia 2 de Abril de 2008, foi feita na Universidade Fernando Pessoa, e após a outorga do Doutoramento Honoris Causa, sob proposta do Prof. Freitas-Magalhães, Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção. O livro "O Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção" aborda o percurso do atual conselheiro da série Lie to Me e um dos 100 mais influentes psicólogos do século XX, segundo a revista Time.


A entrevista foi extraída do sítio oficial da RTP, aqui.

Prof. Freitas-Magalhães no projeto científico e universitário internacional "UNDERSTANDING EMOTIONS"


O diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), Prof. Doutor Freitas-Magalhães, acaba de ser convidado a participar no projeto científico e universitário internacional "Understanding Emotions", coordenado pelos Professores Dacher Keltner, (University of California, Berkeley) Jenny Jenkins e Keith Oatley (University of Toronto).
O Prof. Doutor Freitas-Magalhães integra o comité de leitura e revisão dos artigos e publicará um artigo inédito sobre a expressão facial da emoção.
A terceira edição do manual universitário será editada pela reputada editora Wiley Blackwell.
Entretanto, o Prof. Doutor Freitas-Magalhães estará esta sexta-feira e este sábado em Lisboa (FNAC Vasco da Gama, 24, pelas 21h30 e FNAC Chiado, 25, pelas 19h00) para apresentar o seu novo livro "O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção", editado pelas Edições Universidade Fernando Pessoa.


terça-feira, 21 de junho de 2011

FEELab Talks: O Cérebro, a Face e a Emoção

O Diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP), Prof. Doutor Freitas-Magalhães, na apresentação do livro "O Código de Ekman: o Cérebro, a Face e a Emoção" na FNAC NORTE Shopping, no dia 17 de Junho de 2011.

domingo, 19 de junho de 2011

Os portugueses estão mais tensos e ansiosos, disse o Prof. Freitas-Magalhães em Coimbra


Os portugueses estão mais tensos e isso vê-se na face, revelou sábado à noite em Coimbra o diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção (FEELab/UFP), da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS), da Universidade Fernando Pessoa (UFP).

Para o Prof. Doutor Freitas-Magalhães, que falava na apresentação do seu novo livro "O Código de Ekman: O Cérebro, a Face e a Emoção","a frequência e a intensidade das emoções negativas na face dos portugueses têm vindo a aumentar e isso deve-se à influência do contexto social desfavorável".
Aquele especialista em expressão facial da emoção revelou que o Laboratório de Expressão Facial da Emoção está a analisar ao comportamento facial nos últimos seis meses e os primeiros resultados indicam "valores de emocionalidade negativa crescentes, o que se torna preocupante no processo de interação social, e é um sinal de conflito embrionário".
"Quando a face revela estados emocionais de agressividade, de desconforto, de instabilidade, com recorrência, a possibilidade de levar ao conflito social tem de ser levada muito a sério", enfatizou o Prof. Freitas-Magalhães, para quem a "face revela os estados emocionais do indivíduo".
Para aquele professor universitário, "os marcadores faciais estão validados cientificamente e não enganam quanto ao sinais manifestados pelos portugueses", para quem "o desconhecimento da validade e fiabilidade da análise científica da expressão facial da emoção leva ao preconceito e ao comentário despropositado".
"Tal como no ADN, a verificação da expressão facial da emoção é feita tendo em conta marcadores precisos, objetivos e científicos", enfatizou aquele especialista, para acrescentar que o seu novo livro "apresenta, com exemplos muitos claros, os métodos e as técnicas que permitem medir a face humana e fornece indicadores concretos sobre a face dos portugueses".
"Quando se faz a biopsia dos movimentos musculares faciais, tal procedimento pressupõe que se aplique o fundamento científico", esclareceu o Prof. Freitas-Magalhães, para garantir que os "movimentos faciais dos portugueses nos últimos seis meses revelam agressividade, desconforto e ansiedade".
Questionado sobre as implicações e aplicações dos seus estudos, o diretor do Laboratório de Expressão Facial da Emoção enfatizou a ideia de que "só faz sentido fazer ciência" quando a mesma é "partilhada com a comunidade em geral" e que "mais cedo ou mais tarde - é uma questão de tempo - o estudo científico da face humana fará parte da vida de todos como uma disciplina natural".
"Na face humana está toda a verdade", concluiu o Prof. Freitas-Magalhães, que tem sido distinguido por diversas entidades internacionais pelo "pioneirismo e inovação" do seu trabalho científico na área da expressão facial da emoção.
Depois da apresentação em Coimbra, o Código de Ekman: O Cérebro, a Face e Emoção será apresentado em Lisboa (na FNAC Vasco da Gama, no dia 24, pelas 22h00, e na FNAC Chiado, dia 25, pelas 19h00).